E-commerce seguro: 4 soluções para proteger os dados dos seus clientes

A presença de lojas virtuais cresce a cada ano. Segundo estudo realizado pela ABCOMM (Associação Brasileira de Comércio Eletrônico), de 2018 a 2019, o Brasil teve mais de 20 mil novas lojas abertas na rede.
Apesar do crescimento de número de lojas, ainda é comum que os consumidores tenham certa insegurança ao comprar online.

Diferente do contato humano que uma loja física proporciona, quando o assunto é decisão de compra, a primeira pergunta que surge na cabeça do usuário é “este é um e-commerce seguro?”. Com o passar dos anos as pessoas tornaram-se mais exigentes em saber onde estão inserindo seus dados e como serão usados. Por isso, é importante ter um e-commerce seguro e garantir um bom relacionamento com seus clientes.

Hoje vamos falar sobre algumas soluções que protegem os dados dos seus clientes e mantêm seu e-commerce mais seguro, conheça!

4 maneiras de tornar seu e-commerce seguro

4-maneiras-de-tornar-seu-e-commerce-seguro

Tenha um certificado SSL

O certificado SSL (Secure Socket Layer) nada mais é do que um protocolo padrão de segurança para a sua loja virtual. Através da criptografia desses dados, o certificado SSL garante ao cliente que os dados fornecidos para a loja online estejam seguros contra acesso de terceiros.

A criptografia é a aplicação de um algoritmo para codificar dados, de maneira que não possam ser decifrados. Ou seja, mesmo que um hacker consiga capturar as informações, não terá acesso aos dados, pois não conseguirá entendê-los. Esse é o primeiro passo se você deseja garantir que tem um e-commerce seguro.

Invista em canais de comunicação

Quando o cliente procura um produto ou serviço para comprar, ele precisa saber que pode falar com a sua loja.
Isso significa que, caso ele tenha algum problema, em qualquer momento do processo de compras, o cliente saberá onde entrar em contato. Algumas das maneiras de demonstrar que o seu e-commerce é seguro pode ser, então, investir em canais de atendimento, como:

  • página do Facebook com chat;
  • Instagram com caixa de mensagens;
  • caixa de contato direto com whatsapp;
  • informações de telefone e e-mail de contato visível em todas as páginas do site.

Se tem uma coisa que deixa o consumidor insatisfeito e inseguro é procurar uma loja e não conseguir contato.
Por isso, os canais de atendimento precisam ser visíveis e estar à disposição do cliente.

Esclareça o funcionamento do pagamento

Outra questão essencial para tornar seu e-commerce seguro é alimentá-lo com o máximo de informações disponíveis. Assim, se a sua loja oferece formas de pagamento por boleto e cartão de crédito, por exemplo, crie um texto explicando o funcionamento do pagamento para cada um.

Por quais passos o cliente precisará passar, por que ele precisa preencher determinados campos com seus dados, pra onde vão esses dados? Essas e outras informações, se bem esclarecidas, transmitem maior confiança para o cliente.

Exiba as suas certificações

Quando um comércio, ainda que físico, exibe em suas paredes os certificados que possui, o cliente sente-se mais tranquilo para realizar a compra. Grandes e-commerces disputam prêmios e certificações o tempo todo, para garantir aos seus clientes que são lojas sérias e conceituadas.

Por isso, depois de contratar sistemas de monitoramento para seu e-commerce, exiba seus certificados. Dessa forma, quando o cliente estiver na página de pagamento e ver que empresas sérias certificam seu e-commerce seguro, isso trará autoridade para sua marca e confiança para o seu produto/serviço.

Um e-commerce seguro gera maiores chances de oportunidades de negócio e aumenta a autoridade de sua marca na internet. Aplique as dicas citadas acima, crie um relacionamento confortável com seus clientes e venda mais!

Notícias relacionadas

O Custo de Aquisição de Clientes (CAC) é uma...
WhatsApp chat